05/09/2017

Representantes da Fundac participam de seminário no Conselho Nacional do Ministério Público

No último dia 23 de agosto, na sede do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), em Brasília-DF, foi realizado o seminário para discutir a perspectiva de segurança na socioeducação. O evento, voltado para membros do Ministério Público que atuam como gestores do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase), teve duração de dois dias e contou, na mesa de abertura, com as presenças da diretora geral da Fundação da Criança e do Adolescente (Fundac), Regina Affonso de Carvalho, da coordenadora de Segurança da Fundac, Eva Bulcão e do gerente da Comunidade de Atendimento Socioeducativo (Case) Salvador, João Paulo Ferreira.

O conselheiro do CNMP Walter Agra, que preside a Comissão de Infância e Juventude (CIJ) do CNMP, elogiou a atuação dos gestores do Sinase. “Costumo dizer que os senhores são verdadeiramente os guerreiros responsáveis pelo mínimo que é concedido a crianças e adolescentes. Sem vocês, o Sinase não funcionaria e a CIJ nada apresentaria de resultado”, afirmou.

Durante o evento, João Ferreira apresentou a palestra Experiência de Gestão na Case Salvador, realizado a convite da promotora de Justiça, Darcy Ciraulo, também integrante da integrante da CIJ. “Eu venho falar da Case Salvador, uma experiência que não é das mais fáceis, mas que todos nós, que trabalhamos diretamente com o sistema socioeducativo vivenciamos diariamente”, disse, reiterando que esse não é um trabalho solitário. “É um trabalho feito a várias mãos, como deve ser feito todo o trabalho que envolve a socioeducação, e é importante deixar claro aqui o trabalho que é desenvolvido pela Fundac no estado da Bahia”.

Também estavam presentes no seminário a secretária nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, Fabiana Gadelha,  a presidente do Fórum Nacional dos Gestores do Sinase, Elisângela Cardoso e o coordenador-geral do Sinase, Ricardo Peres da Costa.