Missão

Promover a responsabilização e contribuir para a emancipação cidadã dos adolescentes aos quais se atribuem autoria de ato infracional no estado da Bahia, atuando na garantia dos direitos humanos.


PRINCÍPIOS:

 

  • Promoção e universalização dos direitos humanos m um contexto de desigualdades;
  • O ser humano é um hólon, um todo que se identifica consigo mesmo como ser autônomo e, igualmente, como um elemento participante de totalidades maiores – o físico, o intelecto, as emoções e o espírito constituem as dimensões indissociáveis da pessoa humana;
  • Foco na responsabilização e emancipação cidadã dos adolescentes;
  • Ética, transparência e abertura institucional no cotidiano do desenvolvimento dos nossos trabalho;
  • Protagonismo dos educandos e dos familiares em todos os momentos do atendimento socioeducativo;
  • Crença na capacidade de transformação e crescimento do ser humano, entendida como convicção de que a mudança é possível ao reconhecer a História como possibilidade e não como determinação;
  •  Compromisso com a qualidade do serviço público de execução de medida que prestamos e com o enfrentamento das violações de direitos dos adolescente aos quais se atribui autoria de ato infracional;
  • Intersetorialidade, multiprofissionalidade e interdimensionalidade da política de atendimento socioeducativo;
  • Reconhecimento da condição peculiar de desenvolvimento dos adolescentes e defesa dos princípios da brevidade e excepcionalidade da medida socioeducativa de internação em razão dos prejuízos que a condição de privação de liberdade lhes carreta.